segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Plantão de Notícias 11h.

Aposentados reclamam do reajuste salarial.
Amanhã (18) deverá ser votada a proposta do Governo Federal de reajuste para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo a partir do início do próximo ano. No Rio Grande do Norte, o presidente do Sindicatos dos Aposentados e Pensionista, José Soriano, reclamou da proposta alegando que o índice de 7% é bem menor do que os 12% de reajuste do salário mínimo.
reclamação da maioria dos aposentados é a queda no valor recebido mensalmente, que não acompanha o salário mínimo e prejudica quem ganha valores superiores ao mínimo.

Para tentar solucionar, José Soriano conclama a bancada potiguar para ingressar na luta em favor dos aposentados. “Queremos que os políticos do Rio Grande do Norte tentem nos ajudar na luta para melhorias salariais dos aposentados”, destaca o presidente do Sindicato.

No Rio Grande do Norte, são mais de 468 mil aposentados, sendo 70 mil na capital potiguar. Do total, 350 mil são beneficiados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e aposentados por idade.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Embaixador da Nigéria quer investir no RN.
O embaixador da Nigéria, Kayode Garrik, está visitando o Rio Grande do Norte nesta segunda-feira (17) e amanhã (18). A pauta é direcionada a encontros com empresários do setor imobiliário e extração de petróleo, em Mossoró.

Kayode Garrik foi convidado em julho para reuniões em Natal com representantes do Governo do Estado e de instituições para conhecer os projetos nas áreas econômicas e de infraestrutura, com destaque para os potenciais do Estado.

Em Mossoró, o embaixador conhecerá o processo de extração de petróleo no Campo Canto do Amaro, da Petrobras.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
MP vai “verificar a regularidade” no reajuste da água pela Caern.

O Ministério Público vai “verificar a regularidade” no reajuste de 14,12% na tarifa de água e esgotamento sanitário, serviço oferecido pela Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern). Esse reajuste foi dado no final de julho e passa a vigorar a partir deste mês de agosto em domicílios residenciais, rurais, comerciais, industriais e públicos.

O promotor de Defesa do Consumidor Sérgio Luiz de Sena instaurou inquérito civil para a “verificação da regularidade do reajuste da tarifa dos serviços de abastecimento de água de Natal em 14,12%, a título de revisão tarifária, a contar de agosto de 2009”. A portaria que instaura o inquérito civil foi publicada na edição deste sábado (15) do Diário Oficial do Estado (DOE).


O reajuste dado em julho ainda fixou em 35% a tarifa de água para consumo de esgotos condominiais, 70% da tarifa de água para consumo de todas as categorias de esgotos convencionais e 100% da tarifa para poços tubulares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário