terça-feira, 27 de outubro de 2009

Plantão de Notícias das 10 h


1. Mais tempo atrás das grades

O crescente número de presos perigosos que se aproveitam do benefício da progressão de regime para fugir fez o governo federal mudar a tendência de abrandamento das leis penais.

O ministro da Justiça, Tarso Genro, revelou que o governo está preparando um projeto para aumentar o peso das punições contra o narcotráfico e, ao mesmo tempo, endurecer as regras de progressão de regime.
-----------------------------------------------------------------------------------

2. TSE desafia 26 hackers a tentar fraude eleitoral

Vinte e seis hackers e técnicos em informática vão desafiar a segurança das urnas eletrônicas, que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garante serem à prova de qualquer tipo de violação.

Eles aceitaram o convite da Corte e, durante quatro dias, quebrarão a cabeça em busca de falhas no sistema de votação e processamento de resultados.
----------------------------------------------------------------------------------

3. Nos EUA, Marina critica Dilma por campanha antecipada

Em viagem aos Estados Unidos nesta segunda-feira, 26, a senadora Marina Silva (PV-AC) criticou os supostos atos de campanha antecipada patrocinados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em favor da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e pediu equilíbrio na CPI que irá investigar o Movimento dos Sem-Terra (MST).
-----------------------------------------------------------------------------------

4. Toffoli não votará no caso Cesare Battisti

Salvo se mudar de idéia até lá, o novo ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, não votará no julgamento do processo onde o governo da Itália pede a extradição do ex-ativista político Cesare Battisti.
É o que ele anda confidenciando a amigos.

O julgamento foi suspenso devido a um pedido de vistas feito pelo ministro Marco Aurélio Mello.
------------------------------------------------------------------------------------

5. Confiança do empresário atinge maior nível desde 2005

A confiança do empresário brasileiro atingiu o maior nível desde 2005, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), indicando a consolidação do processo de crescimento e a possível retomada dos investimentos.

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), calculado pela entidade, alcançou 65,9 pontos em outubro, uma alta de 7,7 pontos ante o dado anterior, de julho, e de 18,5 pontos em relação a janeiro deste ano, quando teve o pior resultado desde o início da crise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário