terça-feira, 27 de outubro de 2009

Plantão de Notícias das 09h


1. Sarney decide fechar sua fundação após denúncias

Investigada por suspeita de desvio de verbas públicas e obrigada pela Justiça a devolver o prédio centenário que abriga sua sede, no centro histórico de São Luís, a Fundação José Sarney fechará as portas. A decisão foi anunciada pelo próprio senador José Sarney (PMDB-AP), presidente vitalício da entidade.
-----------------------------------------------------------------------------

2. O papel da oposição

O Brasil tem governo demais e oposição de menos. O presidente Lula fala e faz o que bem entende sem um contraponto. A oposição tem medo da popularidade do presidente e acha melhor não apontar suas falhas sequenciais. O PSDB se omite em questões importantes, o DEM é temático, o PSB é oficialmente da base, o PV começa a desenhar uma alternativa, o PMDB é governo e sempre será.
----------------------------------------------------------------------------

3. Aliados cobram caro por apoio a Dilma

A estratégia do PT de tentar formar uma aliança precoce com os partidos aliados em torno da candidatura à Presidência da chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, enfrenta uma resistência ensaiada das legendas governistas.

Os partidos do amplo arco de aliança que sustenta o governo Lula querem aproveitar a pressa do PT para cobrar um preço alto pelo apoio.
------------------------------------------------------------------------------

4. Prefeito é detido com crack em Minas Gerais

Depois de flagrado duas vezes em bocas de fumo, uma delas com pedras de crack, o prefeito de Raposos (MG), João Carlos da Aparecida (PT), pediu ontem licença do cargo por 180 dias.

Em declaração encaminhada à Câmara Municipal, ele informou que o afastamento é para tratamento de saúde. À noite, os vereadores da cidade de 14,3 mil habitantes, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, se reuniram para dar posse ao vice-prefeito, Nélcio Duarte (PT).
-------------------------------------------------------------------------------

5. Quase 280 presos de uma vez

A maior operação já realizada no Paraná contra o tráfico de drogas, foram presas ontem no estado 279 pessoas e apreendidos mais de 1.200 quilos de maconha, 3,5 quilos de cocaína, 3,7 quilos de crack, 52 armas, além de veículos e aparelhos de telefone celular.

Coordenada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), a operação "Paraná contra as drogas" contou com a participação de todas as divisões policiais de Curitiba e de várias subdivisões do interior paranaense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário