quarta-feira, 13 de janeiro de 2010



Plantão de Notícas das 09h

Wilma garante R$ 55 milhões para 10 centros profissionalizantes no RN

A governadora Wilma de Faria garantiu na tarde desta terça-feira (12) em Brasília a liberação de R$ 55,5 milhões para construção de 10 centros de ensino técnico profissionalizante no Rio Grande do Norte. O convênio entre o Ministério da Educação e Governo do Estado foi definido pela governadora e o ministro da Educação, Fernando Haddad. Serão dois centros em Natal, dois em São Gonçalo do Amarante, um em Parnamirim, um em Ceará Mirim, um em Extremoz, um em Mossoró, outro em Porto do Mangue, incluído pelo potencial na produção de petróleo, e mais um Pipa, pela vocação turística e gastronômica.
_________________________________________________________

Lula vai reeditar Plano de Direitos Humanos para tentar contornar crise

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu fazer uma mudança no texto do decreto que instituiu o Programa Nacional de Direitos Humanos para tentar contornar a crise instalada dentro e fora do governo por causa do seu conteúdo. A solução encontrada é reeditar o texto substituindo a expressão "aprova" por "torna público o programa". De acordo com assessores diretos de Lula, com isso o governo apenas daria publicidade ao plano, deixando de encampar suas partes consideradas radicais ou polêmicas. Paralelamente, Lula ordenou que o plano fosse amenizado. A ideia é abrandar, por exemplo, a Comissão da Verdade - que analisará casos de tortura e execução sumária nos anos da ditadura (1964-1985). Em meio à troca de ataques entre setores das Forças Armadas e dos direitos humanos, o presidente deixou claro que há capítulos negociáveis, como aqueles que podem sugerir revisão da Lei de Anistia, controle da mídia e descriminação do aborto.
_________________________________________________________

Terremoto no Haiti atinge base dos militares brasileiros

O terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu Porto Príncipe, capital do Haiti, ontem deixou diversas pessoas feridas, incluindo militares brasileiros. Até as 23 horas, não havia informações sobre mortos. Muitos prédios ruíram, entre eles, o Palácio Nacional (sede do governo), o principal hospital e os Hotéis Montana - onde mora o general brasileiro que comanda o braço militar da missão - e o Cristopher, utilizado como sede da Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (Minustah). O chefe de comunicação social do batalhão brasileiro da força de paz, Alan Sampaio Santos, disse ao Estado, por telefone, que a cidade estava às escuras e confirmou que havia um número ainda não determinado de pessoas sob ruínas de instalações da ONU. "Existem militares e civis nos escombros, particularmente nos prédios da missão.
__________________________________________________________

Ação tenta afastar deputados acusados do julgamento

O Ministério Público do Distrito Federal tenta na Justiça impedir que deputados distritais suspeitos de ligação com o caso que ficou conhecido como "mensalão do DEM" participem do julgamento do impeachment do governador José Roberto Arruda (sem partido) na Câmara. Na sexta-feira, a promotora Maria Rosynete de Oliveira entrou com uma ação civil pedindo a declaração de suspeição de dez deputados, entre eles o presidente da Câmara Distrital, Leonardo Prudente (sem partido), a líder do governo, Eurides Brito (PMDB), e Junior Brunelli (PSC), todos aliados do governador. A Justiça negou o pedido sob a alegação de que o Ministério Público não havia anexado ao processo informações do inquérito que ratam dos deputados.
__________________________________________________________

Fogo amigo para tirar Temer da vice

A possibilidade de o ministro das Comunicações, Hélio Costa, desistir de sua candidatura ao governo de Minas em troca de sua indicação para vice na chapa da ministrachefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, voltou ontem à discussão. O assunto teria sido um dos temas de uma conversa entre o presidente do Senado, José Sarney (PMDBAP), o líder do partido, senador Renan Calheiros (AL), e o suplente de Costa, o senador Wellington Salgado (PMDB-MG). Logo em seguida, Renan foi recebido para uma audiência pelo presidente Lula. No fim do dia, a ministra Dilma recebeu em seu gabinete o précandidato petista ao governo mineiro, o ex-prefeito Fernando Pimentel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário