quinta-feira, 22 de abril de 2010

Plantão de Notícias das 10h

MST invade fazenda de multinacional na Bahia

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocuparam ontem a Fazenda Barrinha, em Eunápolis, a 644 km de Salvador, que pertence à multinacional Veracel, empresa que cultiva eucaliptos para a produção de celulose. Esta é a 16 fazenda ocupada na Bahia durante o Abril Vermelho — ações organizadas pelo MST para lembrar o Massacre de Eldorado dos Carajás, em 1996, quando 19 trabalhadores rurais foram mortos em confronto com a tropa de choque da PM do Pará.
______________________________________________

Nova Câmara Legislativa é invadida por estudantes

Os policiais militares acabam de deixar a nova sede da Câmara Legislativa do DF, que é ocupada por um grupo de 70 manifestantes do Movimento Fora Arruda, que exigem a invalidação da eleição indireta e a saída do governador Rogério Rosso (PMDB). Segundo os ocupantes, o número já é superior a 100. O reitor da Universidade de Brasília (UnB) também esteve no prédio a pedido dos manifestantes, que se sentiram ameaçados pela presença do Bope.
_______________________________________________

Eleição indireta agravou crise, diz procurador-geral

Depois de participar de uma sessão solene no Supremo em homenagem a Brasília, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou ontem que a eleição indireta realizada pela Câmara Distrital que escolheu Rogério Rosso como governador apenas "agravou" a crise política local e reforça a necessidade de uma intervenção federal. "Ele teve 13 votos, sendo que 8 foram das pessoas mais escandalosamente envolvidas com esse esquema criminoso. Independentemente de quem tenha sido eleito, não faço qualquer juízo da pessoa dele, parece-me evidente que não haverá condições de proceder a um saneamento da máquina administrativa do DF", disse.
__________________________________________________

PSDB acusa Sensus com dado errado

O PSDB utilizou dados incorretos para basear a notícia-crime que o partido pretende apresentar hoje ao Ministério Público Eleitoral contra o Instituto Sensus, por divulgação de pesquisa fraudulenta. A Folha verificou que os advogados dos tucanos usaram uma pesquisa feita pelo instituto em Santa Catarina para atacar outra, nacional. As informações referiam-se ao nível econômico dos entrevistados pelo Sensus em pesquisa divulgada na semana passada, que apontou um empate técnico entre os pré-candidatos à Presidência José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT).
____________________________________________________

Empreendedor Individual avança
 
O número representa 15,58% da meta de 13 mil adesões fixada para este ano e faz do RN o estado nordestino com o maior número de adesões proporcionais, frisa Sandra Maria dos Santos Martins, da Unidade de Orientação Empresarial do Sebrae. Na Bahia, onde a meta é formalizar 73 mil pessoas e foi registrado o segundo maior avanço, foi cumprido 14,03% do previsto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário