quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Plantão de Notícias 10h.

(1) Cantor potiguar com suspeita de gripe suína está em isolamento domiciliar

O cantor, compositor e ator Isaque Galvão, de 27 anos, foi liberado ontem do hospital Giselda Trigueiro, onde estava internado em uma área isolada desde do último dia seis, com suspeita de gripe suína. No entanto, os exames feitos por ele e encaminhados para Belem do Pará ainda não ficaram prontos e agora o cantor está em isolamento domiciliar.

Galvão diz não acreditar que tenha sido gripe A, mas confessa ter um pouco de medo porque teve contato com muito estrangeiro. "Ao término das minhas apresentações, muita gente vinha me cumprimentar e muitos deles estrangeiros. No entanto, acredito que tenha sido apenas uma crise de bronquite e ainda uma bactéria que atingiu meu pulmão, segundo os médicos. No entanto, vamos esperar os resultados".

(2) Gangues se enfrentam durante gincana do Dia do Estudante

Ninguém ficou ferido, mas houve pânico entre as pessoas que participavam do evento. A PM e a Guarda Municipal mantiveram durante boa parte da manhã cerca de 50 policiais para garantir a segurança dos estudantes de diversas escolas que foram ao local participar de um momento de lazer.

Apesar de algumas pessoas terem relatado que a Polícia Militar chegou a efetuar disparos para conter a confusão, o Comando de Policiamento Metropolitano negou a informação.

A PM deteve 25 jovens, mantidos dentro de um ônibus, por envolvimento envolvimento em briga entre gangues na manhã desta terça-feira. Os jovens são menores de 18 anos e, segundo a polícia, serão liberados apenas sob a responsabilidade dos pais que forem ao local.


(3) Pacto Nacional de Combate à Violência Contra a Mulher será assinado hoje no RN

Na manhã de hoje (12), às 10h, a governadora Wilma de Faria recebe a secretária especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Nilcéa Freire, na sede da Governadoria. Na ocasião, será assinada a implantação do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres no Rio Grande do Norte. A ação consiste no desenvolvimento de um conjunto de ações a serem executadas nos próximos meses. Para isso, o Estado deverá receber um aporte de recursos da ordem de R$ 7,4 milhões a serem distribuídos entre projetos elaborados pelas secretarias mais ligadas às políticas públicas de proteção, promoção e prevenção.

A implantação do Pacto Nacional vai permitir uma série de avanços no combate à violência contra as mulheres. A principal delas é a implantação de uma rede de atendimento envolvendo cinco secretarias estaduais. A de Justiça e Cidadania (SEJUC), de Trabalho, Habitação e Ação Social (SETHAS), de Educação e Cultura (SEEC), de Saúde Pública (SESAP) e de Defesa Social (SESED). A Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres (CEPAM) será a responsável pela articulação da rede, que também terá a participação de 18 municípios pólos, ONGs, Poder Judiciário e Ministério Público.

Segundo pesquisa realizada pelo Ibope, solicitada pelo Instituto Patrícia Galvão, em 2006, para 55% da população a violência é um dos três principais problemas que afligem as mulheres e 51% dos entrevistados declararam conhecer ao menos uma mulher agredida pelo seu companheiro.

(4)Tesouro Nacional prevê quedas do FPM até outubro

As previsões efetuadas pela Secretaria do Tesouro Nacional relativas aos repasses do Fundo de Participação dos Municípios para o período de agosto a outubro de 2009 apontam para um déficit da ordem de R$ 477 milhões, fazendo com que o déficit a ser acumulado nos primeiros 10 meses do ano chegue a R$ 689 milhões.

Tudo leva a crer que será necessária uma nova compensação aos municípios, uma vez que o resultado do adicional de 1% do FPM, a ser creditado em 10 de dezembro será deficitário em relação a igual período do ano anterior, pois não conta com o valor da compensação para reduzir o déficit do período de apuração.

Segundo o Tesouro Nacional, está prevista a liberação de 62,73% do valor da cota mensal para o dia 10 de agosto. No dia 20 será liberado 9,10% e no dia 30 será liberado 28,17%.

(5) PROFISSÕES: Faltam profissionais formados em Ciências da Computação no Brasil.


Reportagem, Luciana Cobucci

>>>Clique e ouça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário