terça-feira, 22 de setembro de 2009

Plantão de Notícias das 09h

1. Senado pagou cursos no exterior a 150 servidores

Levantamento elaborado pela Primeira Secretaria do Senado revela que pelo menos 150 servidores foram autorizados a realizar cursos no exterior, entre março de 2007 e agosto deste ano, com as despesas custeadas pela Casa.

Durante os 30 meses registrados no relatório, foram quase cinco autorizações por mês. O estudo obtido pelo G1 não detalha quantos servidores fazem parte do quadro efetivo e quantos são funcionários comissionados da Casa.
-------------------------------------------------------------------------

2.Marina diz que governo Lula seguiu plano de FHC

Recém-saída do PT e provável candidata à sucessão presidencial, a senadora Marina Silva (PV-AC) reconheceu méritos no plano real empreendido pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e que não passa de retórica a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que tudo começou em seu governo, por ele ter preservado o real.

Se vencer as eleições do ano que vem, ela adianta que vai manter os princípios básicos da economia. "A estabilidade econômica e o equilíbrio fiscal vão continuar", disse.
-------------------------------------------------------------------------

3. Dilma de olho nas eleições de 2010

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira que é preciso fazer um esforço para definir as candidaturas aliadas até o próximo mês, como sugere o presidente licenciado do PMDB, deputado Michel Temer (SP), presidente da Câmara.

Pré-candidata do PT a presidente, a ministra afirmou que essa definição pode ocorrer inclusive no PT, mas ressaltou que cada partido tem seu tempo.
-------------------------------------------------------------------------

4. Aeronáutica prorroga prazo para propostas de caças

O Comando da Aeronáutica estendeu para 2 de outubro o prazo para a apresentação das propostas de venda ao Brasil de novos aviões caças. O prazo terminaria hoje. A prorrogação do prazo, que já havia sido acenada pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, na última sexta-feira, foi atendida em função de um pedido da sueca SAAB, fabricante do avião Gripen.
---------------------------------------------------------------------------

5. Justiça do Amapá suspende condenação de Toffoli

O juiz Mário Mazurek, titular da 2ª Vara Cível de Fazenda Pública de Macapá, suspendeu nesta segunda-feira a decisão dada pelo substituto dele, Mário César Kaskelis, que havia condenado o advogado-geral da União, José Antonio Toffoli , a devolver R$ 700 mil aos cofres do Amapá.

Kaskelis considerou irregular a contratação de Toffoli como advogado do governo do estado em 2000, mas o titular da vara discordou e deu uma liminar em favor do advogado. Na semana passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva indicou Toffoli para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nenhum comentário:

Postar um comentário