quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Plantão de Notícias das 09h

1. Aneel quer inflação fora da tarifa de energia

O diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Nelson Hubner, disse ontem em São Paulo que os repasses anuais da inflação, medidos em índices como o IGP-M e o IPCA, podem ser eliminados em parte dos contratos de energia negociados hoje no setor elétrico.

O governo prevê que isso irá beneficiar os consumidores, que pagam esses repasses nas contas de luz. Hoje, a Aneel autoriza todos os anos reajustes para repor a inflação.
--------------------------------------------------------------------------------

2. PF apura cartel e fraude em serviços da Infraero

A Polícia Federal identificou indícios de formação de cartel e fraude em licitações da Infraero nos serviços de inspeção de bagagem, controle de entrada de passageiros, limpeza e reboque das aeronaves, movimentação e proteção de carga e despacho operacional de voos.

Estão sendo investigados um ex-superintendente da Infraero, um funcionário da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e oito empresas prestadoras de serviços de transportes aéreos.
---------------------------------------------------------------------------

3. TCU aponta falhas em licenciamentos do Ibama


O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou relatório que aponta falhas em licenciamentos concedidos pelo Ibama e afirma que pressões políticas levariam o órgão a autorizar obras sem cumprir exigências legais. De acordo com o documento, o Ibama não acompanha riscos e impactos ambientais das obras que licencia. O relator da auditoria, ministro Aroldo Cedraz, afirmou que o sistema de licenciamento é frágil e se disse preocupado com o efeito sobre o meio ambiente.
--------------------------------------------------------------------------

4. Romero Jucá defende equiparação salarial entre os poderes

Logo após a aprovação do projeto que prevê aumento salarial para os ministros do Supremo Tribunal Federal e para o Ministério Público ter sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), nesta quarta-feira, teve início uma discussão sobre concessão de reajuste também para o Legislativo e o Executivo. O líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), sugeriu a equiparação salarial entre os Poderes
--------------------------------------------------------------------------

5. Roseana nomeia filha de Cafeteira para o governo


A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), nomeou Janaína Cafeteira Afonso Pereira, filha de um dos maiores aliados políticos de sua família, o senador Epitácio Cafeteria (PTB-MA), como gestora de programas especiais da Casa Civil. O salário varia entre R$ 6 mil e R$ 7 mil, de acordo com a gratificação. A nomeação foi feita no último dia 31 de agosto, mas a assessora não tem sequer sala para despachar nem é conhecida pela telefonista da Casa Civil.
--------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário