terça-feira, 22 de setembro de 2009

Plantão de Notícias das 11h

1. Sem Ufersa e sem Uern, prefeita de Apodi dá início a Plano C para enterrar drama dos univesitários

Sem Ufersa e sem Uern, a prefeita de Apodi, Gorete Pinto, encaminha o 'Plano C' para tentar minimizar o impacto negativo gerado pela deficiente estrutura de atendimento ao ensino de 'terceiro grau' no municipio.

Com estrutura limitada e recursos direcionados ao deslocamento de centenas de estudantes para cidades vizinhas, a cidade oestana sofre, e sem perspectiva de uma solução imediata, começa a atirar para todos os lados.
---------------------------------------------------------------------------

2. DRU é aprovada e Caraúbas passa a ver Ufersa mais próxima

Após semanas de dúvida com relação ao destino de expansão da Ufersa, o decorrer da última semana contou com uma decisão importante em Brasília, que favorecerá a instalação da instituição na cidade de Caraúbas.

“O funcionamento da Universidade Federal do Semi-Árido (UFERSA) em Caraúbas, independe da provação da DRU em seu segundo turno”.

A afirmação partiu da senadora Rosalba Ciarlini (DEM) no fim de semana em visita a cidade de Olho Dágua do Borges e foi dada ao prefeito da cidade oestana Ademar Ferreira.
---------------------------------------------------------------------------

3. Homem é preso ao passar cédulas falsificadas em Natal

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte prendeu na tarde do último domingo(20), um vendedor de frutas, de 29 anos, residente no bairro de Nova Cidade, em Natal, acusado de tentar ludibriar dois comerciantes da cidade de Várzea/RN, distante cerca de 65 km da capital, pagando despesas pessoais com cédulas falsas.

Para consumar o crime, o vendedor, acompanhado de amigos, consumiu bebida em dois estabelecimentos comerciais no centro daquela cidade e efetuou o pagamento com notas de R$ 50,00, sempre recebendo troco.
-------------------------------------------------------------------------

4. RN é a única das sedes da Copa que ainda não aderiu rede de monitoramento de gastos

O Rio Grande do Norte é o única das doze sub sedes da Copa de 2014 que ainda não aderiu à rede de monitoramento de gastos com as obras do mundial. O convênio é firmado entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. A justificativa é a falta de investimentos próprios do Governo do Estado na execução das obras do Complexo Arena das Dunas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário