quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Plantão de Notícias das 11h

1. Clima pesado na Câmara Municipal de Mossoró

A sessão plenária da Câmara Municipal de Mossoró de ontem foi uma das mais tensas do ano, por conta do confronto de ideias entre vereadores de oposição e interesses dos que ocupam o Palácio da Resistência.

O personagem central da tensão foi o presidente da mesa diretora, Claudionor dos Santos. O  problema foi quando Claudionor anunciou que estava de volta às comissões o projeto de lei do Executivo que adapta Mossoró ao Estatuto da Micro e Pequena Empresa.
--------------------------------------------------------------------------------------

2. Diocese leva imagem de Santa Luzia a todos os veículos de comunicação de Mossoró

Com o intuito de agradecer ao trabalho desenvolvido pelos comunicadores mossoroenses, a comissão organizadora dos festejos de Santa Luzia visitou os veículos de comunicação da cidade. Durante todo o dia de ontem, a imagem de Santa Luzia percorreu as redações e os estúdios com uma mensagem de paz e gratidão.
---------------------------------------------------------------------------------------

3. Servidores do Detran decidem retomar greve na próxima semana

Servidores efetivos do Detran no Rio Grande do Norte decidiram no último dia 19, em assembleia realizada em Natal, paralisar novamente as atividades a partir do dia três de novembro. Os servidores já tinham feito greve no mês de junho e encerraram o movimento após receberem propostas do governo estadual para algumas reivindicações, entre elas a realização de concurso público para contratação de novos efetivos.
---------------------------------------------------------------------------------------

4. Hemocentro necessita de doadores de sangue "O" negativo

O Hemocentro de Mossoró necessita mais uma vez da demonstração de solidariedade dos mossoroenses. Devido a grande demanda do Centro de Oncologia e do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), o centro está necessitando em caráter de urgência de sangue do tipo O negativo. Segundo a assistente social Denize Morais, esse tipo de sangue é muito raro e, além disso, quando os pacientes necessitam são utilizadas mais de uma bolsa de uma só vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário