terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Plantão de Notícias das 09h



Do mensalão do DEM ao caixa 2 da campanha de Arruda

Metade das empresas que aparecem na planilha do suposto caixa dois da campanha de José Roberto Arruda (DEM) mantém contratos com o governo do Distrito Federal que renderam, apenas em 2009, meio bilhão de reais. O documento, uma espécie de balancete informal de campanha de 2006, foi elaborado por Márcio Machado, ex-secretário de Obras e presidente do PSDB-DF.
_____________________________________________________________

MPF pede investigação em 14 obras da Camargo Corrêa

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta segunda-feira a abertura de investigação sobre 14 obras da Camargo Corrêa em cidades do país onde parlamentares e agentes públicos que supostamente receberiam propina da construtora. De acordo com operação Castelo de Areia , da Polícia Federal, a empresa direcionaria recursos a mais de 200 pessoas que teriam participado do esquema, segundo planilha encontrada na casa de um diretor da construtora.
______________________________________________________________

Garibaldi lamenta morte de ex-prefeito de cidade do RN


O senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) apresentou nesta segunda-feira (7) requerimento de pesar pela morte do ex-prefeito de Mossoró Antonio Rodrigues de Carvalho. O ex-prefeito faleceu no dia 3 de dezembro, vítima de problemas pulmonares e renais. De acordo com Garibaldi, Carvalho, que iniciou sua carreira política no movimento estudantil, assumiu o Executivo de Mossoró em plena Ditadura Militar, em 1968, sem o apoio do grupo político que ditava os rumos da cidade.
_______________________________________________________________

Viúva receberá R$ 45 mil por atropelamento e morte de marido em Natal

Uma viúva de Natal, cujo nome não foi revelado, acaba de ganhar, na Justiça, o direito a uma indenização de R$ 45 mil, por danos materiais e morais, pelo atropelamento e morte do marido, em julho de 2005. A empresa Trampolim da Vitória foi condenada. O motorista do ônibus trafegava em velocidade incompatível com o trecho, segundo o Tribunal de Justiça do RN, e, ao tentar desviar do acúmulo de areia existente no local, atingiu frontalmente a vítima.
________________________________________________________________

Procuradoria quer investigar se políticos levaram propina

O Ministério Público Federal pediu ontem abertura de investigação sobre 14 obras da Construtora Camargo Corrêa que envolveriam conselheiros de tribunais de contas, deputados e senadores em crimes financeiros, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e ilícitos civis e eleitorais. São citados políticos de 7 partidos - PSB, PSDB, PT, PMDB, DEM, PC do B e PR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário