quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Plantão de Notícias das 10h


Servidores estaduais da saúde entram em greve

Os servidores estaduais da Saúde entraram em greve ontem. A partir da tarde de hoje, apenas 30% dos funcionários cumprirão as escalas de atendimento nas unidades em que atuam. Os servidores vão, às 15h de hoje, para a Assembleia Legislativa, para chamar a atenção dos deputados, a fim de receber o apoio deles em mais uma empreitada. Os servidores vão pedir a aprovação da emenda de autoria do deputado Paulo Davim, que pode garantir um reajuste do Plano de Cargos no próximo ano.
________________________________________________________________

DF contratou Uni Repro com ata de preços de Kassab

O governo do Distrito Federal contratou pela primeira vez, em 2007, a Uni Repro Serviços Tecnológicos Ltda. - uma das empresas que alimentavam o suposto esquema do "mensalão do DEM" -, usando como base o contrato e o registro de ata de preços com ela firmados pela Prefeitura de São Paulo um ano antes. A contratação direta (que dispensou licitação) foi considerada ilegal pela Procuradoria-Geral do Distrito Federal em três pareceres aos quais o Estado teve acesso. Os pareceres, contudo, foram ignorados pela Secretaria de Saúde, que decidiu dar prosseguimento ao contrato firmado naquele ano pelo valor global de R$ 65 milhões para o prazo de 36 meses.
________________________________________________________________

DEM quer livrar vice para ter plano B na disputa de 2010

O vice-governador Paulo Octávio não deverá sofrer punições do partido por seu envolvimento no chamado "mensalão do DEM" no Distrito Federal. Poderá, ao contrário, até se transformar numa espécie de plano B da legenda para candidatura ao governo local, caso consiga sobreviver ao desgaste político provocado pelo escândalo. Caso a expectativa de expulsão do governador José Roberto Arruda no dia 10 se confirme e, assim, fique sem legenda para disputar a reeleição, Paulo Octavio herdaria o apoio para se candidatar. Enquanto isso, Arruda tentaria manter o comando do governo até o final do mandato.
_________________________________________________________________

No PSDB, aumenta pressão por ''chapa puro-sangue''

O escândalo envolvendo o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), deflagrou no PSDB uma corrida para fortalecer a tese da chamada chapa puro-sangue. Com o DEM no centro da crise, engrossou o coro dos defensores da tese de o PSDB blindar a chapa que disputará a eleição presidencial de 2010, formatando-a apenas com nomes tucanos. Em jantar com 36 deputados anteontem, na casa do deputado Rômulo Gouveia (PB), em Brasília, cresceu o discurso favorável ao desenho que traz o governador de São Paulo, José Serra, como candidato a presidente, e o governador de Minas, Aécio Neves, na vice.
_________________________________________________________________

PMDB baiano revida e processa Wagner

O PMDB ingressou com ação contra o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), na Procuradoria-Geral da República, em Brasília. O partido o acusa de "prevaricação" e "condescendência criminosa" no caso da investigação, por parte da Polícia Civil baiana, de um suposto esquema de corrupção na Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). A investigação culminou na Operação Expresso, que prendeu 7 pessoas em 24 de novembro, entre elas o ex-diretor executivo do órgão Antônio Lomanto Netto, indicado pelo PMDB ao cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário