segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Plantão de Notícias das 11h


Wilma busca novos apoios para candidatura de Iberê

Depois de anunciar em Pau dos Ferros e em Mossoró que o candidato dela ao governo do Estado é o vice Iberê Ferreira de Souza, a governadora Wilma de Faria disse hoje que já tem o apoio de sete partidos da base aliada para a sucessão estadual de 2010. “Além disso, estamos negociando com mais dois partidos e conversando com o deputado Henrique Alves, que está vindo para somar.”
_______________________________________________________

Incra passa a emitir certificado de imóvel rural pela internet

O diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Richard Martins Torsiano, e a coordenadora-geral de Cadastro Rural, Lucimeri Selivon, dão entrevista hoje (14), às 10h30, na sede da instituição em Brasília. Eles anunciam um novo serviço eletrônico que vai facilitar a vida dos proprietários de quase 6 milhões de imóveis rurais espalhados por todo o país.
________________________________________________________

Produtos e serviços relacionados a energia eólica terão isenção de impostos

Aproveitando a proximidade do primeiro leilão de energia eólica do Brasil, o Conselho de Política Fazendária (Confaz) decidiu estender o prazo de desoneração tributária para produtos relacionados à geração desse tipo de energia. A isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) foi prolongada até 31 de janeiro para operações com equipamentos e componentes para o aproveitamento de energia solar e eólica.
__________________________________________________________

Relator da ONU cobra governo sobre mordaça no jornal

A censura imposta ao Estado é um tema para as Nações Unidas questionarem o governo brasileiro. O relator da ONU para defesa da liberdade de expressão, Frank La Rue, enviou ao Itamaraty carta pedindo explicações sobre a mordaça no jornal e cobrando solução do caso.

Em sua avaliação, foi "terrível como precedente" a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada na quinta-feira passada, que manteve a censura. "Qualquer obstáculo ao trabalho da imprensa é um ato antidemocrático", disse o relator.

Nenhum comentário:

Postar um comentário