sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Plantão de Notícias das 09h

Mantega anuncia o fim do IPI reduzido para automóveis e eletrodomésticos

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que está na hora de o Brasil começar a retirar as medidas fiscais para socorrer a economia e garantiu que os incentivos serão eliminados. Ele adiantou que a isenção fiscal (redução do Imposto sobre Produtos Industrializados) para a linha branca acabará neste fim de semana e o incentivo ao setor automotivo também tem data marcada para terminar. Segundo ele, a indústria sofreu contração de 5% a 6% em 2009, mas as perspectivas são de crescimento para 2010.
_______________________________________________________

Pressão alta leva Lula a hospital

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado com crise de hipertensão na noite de quarta-feira, no Real Hospital Português, no Recife. Sua pressão chegou a 18 por 12 - quando normalmente é de 11 por 8. Os médicos que o atenderam descobriram que ele estava com uma gripe mal curada. Por conta disso, receitaram antibióticos para ser tomados por pelo menos quatro dias. Lula queixou-se de que sentia um mal-estar por causa da pressão e estava com dores na garganta e dificuldades de respirar.
________________________________________________________

CUT e Força unificam agenda em ano eleitoral

As duas maiores centrais sindicais do País, Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Força Sindical, resolveram juntar forças em 2010 para tentar avançar em antigas reivindicações trabalhistas, como a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais. "É a primeira vez que estaremos juntos", afirmou o presidente da Força, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT), o Paulinho. O início da agenda sindical será terça-feira, quando CUT, Força e mais quatro entidades farão uma vigília no Congresso para exigir que os parlamentares votem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 231/95, que reduz a carga de trabalho semanal de 44 para 40 horas. A PEC tramita desde 1995 e está pronta para votação. Não há acordo, contudo, para que o plenário aprecie a proposta.
___________________________________________________________

Lupi promete a Dilma apoio do PDT em ''eleição plebiscitária''

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, recebeu ontem do ministro do Trabalho e presidente licenciado do PDT, Carlos Lupi, o apoio da legenda à sua candidatura à Presidência, durante almoço em sua casa, na península dos ministros, em Brasília. "O partido tem um compromisso nacional. A nossa candidata é a ministra Dilma. Vamos de corpo e alma, sem contrapartida", declarou Lupi, que defendeu "uma eleição plebiscitária para que fique claro quem é contra e quem é a favor da continuidade do governo Lula". Ao lado da ministra Dilma, Lupi disse que ela "garante a continuidade do governo Lula, com a obrigação de ser melhor ainda, já que a nossa tarefa é sempre suplantar porque senão estamos igual à mesmice que muitos representam".
___________________________________________________________

Ausência de Lula frustra organizadores de Davos

O cancelamento da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Davos frustrou os organizadores do Fórum Econômico Mundial. Pela primeira vez em 40 anos de sua história, Davos — o mais importante encontro anual de líderes políticos e empresariais do mundo mdash; criou um prêmio de estadista global . E Lula, o primeiro agraciado, não pôde comparecer. Mais de 2500 pessoas participam do encontro este ano, entre eles, 30 chefes-de-estado e de governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário