quarta-feira, 27 de janeiro de 2010


Plantão de Notícias das 09h

São Paulo sofre com chuvas pelo trigésimo quinto dia

A chuva voltou a castigar São Paulo ontem, fechando aeroportos, inundando ruas e deixando carros ilhados. Na Freguesia do Ó (Zona Norte da capital), um morador se segurou a uma corda para resgatar mãe e filho que estavam na casa ao lado. Na Zona Leste, foi preciso amarrar as rodas dos carros para evitar que eles fossem levados pela correnteza. Foi o 35 dia seguido de chuvas na região metropolitana de São Paulo, no janeiro mais chuvoso dos últimos 15 anos.
____________________________________________________

Lula afirma que irá ao Haiti no dia 25 de fevereiro

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou na noite desta terça-feira que fará uma visita ao Haiti no dia 25 de fevereiro e que levará consigo médicos brasileiros. O presidente criticou aqueles que foram contrários à Força de Paz para Estabilização do Haiti, liderada pelo Brasil e afirmou que o Brasil continuará mantendo sua política de ajudar o país com suas forças de paz.
____________________________________________________

Presidente do Banco da Venezuela deixa o cargo

Logo após o anúncio dos pedidos de demissão do vice-presidente e ministro da Defesa da Venezuela, Ramón Carrizález, e de sua mulher, Yuvirí Ortega, o presidente do Banco da Venezuela, Eugenio Vázquez Orellana, anunciou nesta terça-feira que vai deixar a instituição por motivos de saúde.
____________________________________________________

Decreto do governo pretende recriar Telebrás

A minuta do decreto sobre o Plano Nacional de Banda Larga (internet em alta velocidade), que está sendo elaborado pelo governo, propõe a recriação da Telebrás e permite que ela atue tanto no atacado como no varejo. Como atacadista, sua função seria alugar as redes para outras empresas, como forma de baixar custos do serviço final.
____________________________________________________

Desemprego atingiu 212 milhões de pessoas em 2009

O desemprego mundial, agravado pela crise, disparou em 2009 e chegou a 6,6% da população economicamente ativa, o que significa que 212 milhões de pessoas não tinha emprego - uma cifra recorde, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT). "O número de desempregados no mundo alcançou 212 milhões em 2009 devido a uma alta sem precedentes de 34 milhões em relação a 2007, quando teve início a crise", informou a OIT através da Agência Internacional do Trabalho em seu informe anual sobre Tendências Mundiais do Emprego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário