segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Plantão de Notícias das 11h

Avião etíope cai no Mediterrâneo com 90 passageiros

Um avião das Aerolíneas Etíope com cerca de 90 passageiros a bordo caiu sobre o mar Mediterrâneo, em frente ao litoral do Líbano, pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional de Beirute, nas primeiras horas desta segunda-feira, segundo fontes do aeroporto. O avião, um Boeing 737, desapareceu do radar uns cinco minutos após a decolagem, disseram as fontes. Cerca de 50 passageiros eram cidadãos libaneses, e a maioria das demais pessoas eram etíopes. Acredita-se que a bordo haviam sete tripulantes.
________________________________________________________

Governo venezuelano tira do ar canal RCTV

O canal de televisão a cabo RCTV - de oposição ao presidente Hugo Chávez - foi suspenso na madrugada deste domingo por determinação do governo venezuelano. A RCTV vinha operando como TV a cabo desde 2007, quando teve a o pedido de renovação de sua licença como canal aberto negada. A empresa é acusada pelo presidente Hugo Chávez de conspirar contra o governo.
_______________________________________________________

Sistema aumenta produção em 18 mil barris

A Petrobras inaugurou na quarta-feira, 20, o Projeto de Injeção Contínua de Vapor (Vaporduto). O sistema foi anunciado como o maior do mundo, com aproximadamente 30km e o único a usar vapor superaquecido. Atualmente, o Vaporduto está injetando 170 toneladas de vapor superaquecido por dia, mas a previsão é chegar em 2011 com 612 toneladas. Por enquanto, apenas o campo de Estreito, entre Alto do Rodrigues, Carnaubais e Assú, uma extensão de 12km, está sendo beneficiado com o vapor, que chega a 42 poços injetores e outros 100 de influência.
___________________________________________________

Deputados dizem não haver direcionamento

Deputados federais que responderam aos questionamentos da Folha negaram que haja relação entre o uso da verba indenizatória e as doações eleitorais recebidas. "Não tem nenhum tipo de má-fé ou direcionamento", afirmou Fernando Coelho Filho, com gastos declarados de R$ 5.000 na TGR Transportadora, que lhe financiou a campanha de 2006 em R$ 160 mil. Até então secretas -a Câmara só passou a divulgar as informações detalhadas a partir de abril de 2009-, as notas já revelaram uso do dinheiro público em empresas com endereço fantasma, em gastos em turismo, confraternizações e empresas dos próprios deputados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário