terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Plantão de Notícias das 10h

Agilidade eleitoral com o seu dinheiro

Virou praxe no Senado não dar transparência a decisões polêmicas que beneficiam os parlamentares em ano eleitoral. A cúpula administrativa da Casa reuniu-se nos últimos dias de 2009 para reverter parte da decisão moralizadora sobre a farra das passagens aéreas tomada no início do ano. Resultado: mais gastos para os cofres públicos. Ato da Comissão Diretora número 25 de 17 de dezembro, publicado no último Diário Oficial do Senado do ano passado, poucos dias antes do recesso, autoriza em caráter excepcional o uso dos créditos de bilhetes aéreos não utilizados até o último dia de 2009 durante todo 2010.
____________________________________________________

$ 78 bi para a casa própria

Os brasileiros que vinham adiando a compra da casa própria por falta de uma boa linha de crédito podem começar a se mexer. Se prevalecer o que prometem o governo e os bancos privados, haverá uma oferta maciça — e recorde — de financiamento neste ano: R$ 78,3 bilhões, dos quais R$ 45 bilhões da caderneta de poupança, R$ 24 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 9,3 bilhões do Orçamento Geral da União. Se comparados apenas os recursos liberados pela poupança e pelo FGTS em 2009, de R$ 50 bilhões, haverá um crescimento de 38% nos desembolsos. “Sem dúvida, teremos um ano excepcional para a habitação”, diz o Ministro das Cidades, Márcio Fortes.
____________________________________________

Exportação brasileira tem maior queda em seis décadas

O impacto negativo da crise no comércio mundial derrubou as exportações brasileiras, que mostraram em 2009 o maior recuo em um único ano desde 1950, quando tem início a série histórica do Ministério do Desenvolvimento. As exportações recuaram 22,2% em relação a 2008, o que levou a balança a apresentar o menor saldo em sete anos: US$ 24,61 bilhões. Em dezembro, o superávit foi de US$ 1,43 bilhão. As exportações somaram US$ 152,25 bilhões, abaixo dos US$ 160 bilhões projetados pelo governo. Até agora, a maior queda das exportações tinha sido registrada em 1952 ? 19,8%. O recuo do superávit comercial em 2009 só não foi maior porque o Brasil também importou menos com a retração da atividade. As compras de produtos fabricados no exterior fecharam o ano em R$ 127,63 bilhões, uma queda de 25,3%.
_______________________________________________

TJ-SP vê 'falsidade' de metade dos 5.400 afastados por questão de saúde

Uma Justiça doente foi diagnosticada em São Paulo - 5.400 servidores estavam afastados de suas funções, alegadamente por motivos de saúde. Mas era inverídica quase metade dos casos narrados. Havia funcionários na plenitude da forma, afiados para o trabalho, ainda assim desfrutando de folga permanente, como se aposentados estivessem, escorados em atestados médicos que lhes conferiam males diversos. Em casa, mas com os salários pagos em dia pelo Tesouro da corte.
_________________________________________________

Gripe suína adia volta de Dilma ao trabalho

Apesar da previsão de que voltaria amanhã das férias de fim de ano, a ministrachefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, deverá retornar ao trabalho segunda-feira. Segundo petistas, ela descansará por mais alguns dias para se recuperar de uma gripe suína, contraída pouco antes do Natal, como informou Jorge Bastos Moreno, em sua coluna no último sábado. Como Dilma fez tratamento quimioterápico para curar um câncer linfático ano passado e está com a imunidade baixa, qualquer gripe requer maior atenção. A Casa Civil não confirmou a notícia, limitando-se a informar que Dilma está de férias. No entanto, o líder do PT, deputado Cândido Vaccarezza (SP), confirmou a doença: — A ministra Dilma pegou gripe suína, mas já está bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário