sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Plantão de Notícias das 11h

Secretaria distribuirá 400 mil preservativos no Carnaval

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através do Programa de DST/Aids irá disponibilizar no Carnaval deste ano uma cota extra de 400 mil camisinhas, além de material educativo para todos os municípios do Rio Grande do Norte. A Campanha de Prevenção à Aids e demais Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) durante o Carnaval, lançada pelo Ministério da Saúde, terá como foco o público homossexual masculino e mulheres na faixa etária de 16 a 24 anos.
_______________________________________________

Especialização focaliza combate à mortalidade

Teve início quarta o curso de especialização em Epidemiologia, voltado para profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). A capacitação, financiada pelo Ministério da Saúde, conta com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e é realizada pela Universidade Federal de Goiás, em parceria com o Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública. A aula inaugural aconteceu no Departamento de Enfermagem da UFRN.
_______________________________________________

Turista belga morre atropelado por carro do governo da BA

Um turista belga de 70 anos morreu em Salvador após ser atropelado por um carro oficial do governo da Bahia, na noite de terça-feira (2). Willy Byls atravessava a rua com dois amigos no bairro de Amaralina, na orla da cidade, por volta das 19h, quando foi atingido pelo veículo da Secretaria de Desenvolvimento Social. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
________________________________________________

Funcern e Petrobras assinam convênio para programa de inserção no campo de trabalho

Com o objetivo principal de inserir jovem no mundo do trabalho, a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (Funcern) assinou, na semana passada, convênio com a Petrobras para a execução do Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA) nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. O projeto foi pensado para atender a uma demanda cada vez mais crescente de inclusão de jovens, sobretudo de baixa renda, no mercado de trabalho e é respaldado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que prevê um percentual de aprendizes nas médias e grandes empresas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário