segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Plantão de Notícias das 11h

Vice-prefeito de Jucurutu confirma decisão de não respaldar candidatura de Nélter Queiroz

A pretensão do deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) de tentar renovar seu mandato na Assembleia Legislativa nas eleições de outubro vindouro não terá desta vez a solidariedade do atual vice-prefeito do município de Jucurutu, Márcio Soares (PP). Sob o argumento de que o deputado deixou de cumprir os compromissos políticos assumidos, o vice-prefeito decidiu não apoiá-lo este ano. A posição dele terá reflexo na instância do Poder Legislativo municipal.
________________________________________________

Prefeito de Santana do Matos vê sectarismo na rejeição a projeto de criação do Diário Oficial

O prefeito Francisco de Assis Silva, "Assis da Padaria" (PSB), interpretou como uma picuinha desnecessária a recusa, pela maioria dos vereadores, do Projeto de Lei n° 1/2010, que sugere a criação do Diário Oficial do Município. O prefeito declarou que a atitude dos parlamentares-mirins impedirá que a prefeitura tenha uma economia mensal de R$ 2 mil e disponha de mais um mecanismo de transparência da coisa pública. O Diário Oficial do Município seria operacionalizado em parceria com a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn).
___________________________________________________

Dirigente do PDT de Angicos propõe adoção de modelo escolar implantado no Rio de Janeiro

A instituição do revolucionário modelo escolar criado pelo falecido ex-senador Darcy Ribeiro, quando secretário estadual de Educação no Rio de Janeiro - os Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs) -, na gestão do também falecido ex-governador Leonel Brizola, se constituiu num dos tópicos debatidos por ocasião da 3ª Conferência Municipal da Cidade, em Angicos, região Central do Estado. A sugestão foi lançada pelo presidente do diretório municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Modesto Cornélio Batista Neto.
___________________________________________________

Primeiro curso à distância através de programa do MEC é aprovado

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) oferecerá a partir de 6 de março o primeiro curso de educação à distância na instituição, que será de Ciências Biológicas. A autorização foi encaminhada pelo Ministério da Educação (MEC) e Universidade Aberta do Brasil (UAB), no último dia 26 de janeiro. A coordenadora da UAB na Ufersa, professora Karla Demoly, informa que a primeira turma terá 49 alunos com vagas já autorizadas pelas secretarias de Educação do Estado e dos municípios que integram a Região do semi-árido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário