quinta-feira, 18 de março de 2010

Plantão de Notícias das 09h

Governo investiga 164 mil servidores por emprego duplo

O governo federal descobriu indícios de irregularidade na ocupação de cargos por 164 mil servidores que também atuam no funcionalismo público de 12 Estados e do Distrito Federal. As suspeitas surgiram a partir de um levantamento inédito feito com o cruzamento da base de dados da União com os cadastros dos governos locais, e a regularização dos casos pode gerar uma economia de R$ 1,7 bilhão por ano. A Constituição permite que servidores públicos acumulem cargos somente se estiverem enquadrados na carreira jurídica, forem profissionais de saúde ou professores. A regra não vale para os funcionários contratados sob regime de dedicação exclusiva -condição comum entre os professores universitários.
__________________________________________________________

Lista de suspeitos no mensalão do DF cresce

Novos depoimentos do delator do mensalão do DEM aumentaram a lista de políticos suspeitos de participar do esquema de coleta e distribuição de propina no Distrito Federal. O Ministério Público do DF recorreu à Justiça na tentativa de impedir que 26 deputados e suplentes participem da votação para autorizar a abertura de processo contra o governador cassado José Roberto Arruda (sem partido), preso por tentar subornar uma testemunha. Em janeiro, oito titulares e dois suplentes haviam sido declarados suspeitos para tratar do impeachment de Arruda. Agora, são 12 distritais e 14 suplentes sob suspeição, segundo o Ministério Público.
_____________________________________________________

Licitação do PAC no RJ tem sinal de acerto entre rivais

Documento feito a pedido da construtora Norberto Odebrecht para habilitar-se à licitação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) nas favelas do Complexo do Alemão, no Rio, também foi usado por suas concorrentes para participar da mesma disputa. A Odebrecht, líder do Consórcio Rio Melhor, venceu a disputa da obra, avaliada em R$ 493 milhões. Os consórcios liderados por Andrade Gutierrez e Queiroz Galvão ganharam, respectivamente, as concorrências para as obras do PAC em Manguinhos (avaliada em R$ 232 milhões) e na Rocinha (R$ 175,6 milhões), objeto da mesma licitação.
_______________________________________________________

Parentes encontram ossadas no Araguaia

Policiais federais, representantes do Ministério Público Federal e peritos do IML (Instituto Médico Legal) do Pará recolheram na segunda-feira, em uma escavação em Brejo Grande (cidade 620 km a sudeste de Belém), restos mortais que podem ser de um ou mais guerrilheiros desaparecidos na região do Araguaia na primeira metade dos anos 70. Foram encontrados pedaços de crânio, parte de uma mandíbula, dentes e um osso que pode ser do dedo de uma mão. O terreno havia sido parcialmente revolvido no sábado por parentes do guerrilheiro Antônio Teodoro de Castro, o Raul.
_____________________________________________________________

Até deixar governo, Dilma ficará menos de 4 dias em Brasília

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) vai "colar" no presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas duas semanas para aparecer, ainda no cargo, ao lado dele no maior número possível de viagens e eventos.  Até 2 de abril, fim do prazo para se desincompatibilizar, ela ficará três dias e meio em Brasília, sendo que em um deles (29), lançará o PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), que prevê investimentos de 2011 a 2015, mas que servirá para promover sua campanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário