quarta-feira, 3 de março de 2010

Plantão de Notícias das 11h

Executivo assuense inaugura Casa dos Conselhos Municipais no decorrer do mês de março

Por todo o decorrer desta semana a secretária municipal de Desenvolvimento Social de Assu, Maíra Leiliane Oliveira Almeida, pretende despachar com o prefeito Ivan Lopes Júnior para discutir questões ligadas à pasta, um deles, a fixação da data em que acontecerá a solenidade de inauguração da Casa dos Conselhos Municipais em atividade na cidade. A secretária Maíra Leiliane antecipou que a data provável de tal cerimônia é 11 de março, quinta-feira da próxima semana.
______________________________________________________

Presidente do PDT pode surgir como alternativa para concorrer a mandato eletivo em outubro

Presidente do diretório municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT) em Angicos, região Central potiguar, o acadêmico Modesto Cornélio Batista Neto pode ser destacado como uma das opções da legenda para concorrer a um mandato de deputado estadual ou deputado federal nas eleições deste ano. O representante da sigla brizolista estaria sendo estimulado pela cúpula da legenda a amadurecer a proposta de concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília.
______________________________________________________

Casal de médicos que estava no Chile deve chegar hoje ao Brasil

O casal de médicos Raimundo de Paiva Lopes (neurologista) e Ana Maria Lopes (pediatra) saiu ontem, 2, às 9h, de Santiago, no Chile. Como o aeroporto da referida cidade está temporariamente fechado, eles pegaram um ônibus rumo a Porto Alegre (RS) para poder retornar ao Brasil. Segundo o filho de Paiva Lopes, Daniel Lopes, os profissionais e um grupo de mais ou menos seis casais de brasileiros, que eles conheceram na viagem, deverão chegar à capital gaúcha hoje à noite. Após o desembarque, os mossoroenses pegarão um avião com destino a Fortaleza (CE).
________________________________________________________

Diretor da Vigilância à Saúde de Mossoró pede exoneração do cargo

Sodré Rocha solicitou, ontem, à prefeita Fafá Rosado a sua exoneração da chefia da Vigilância à Saúde de Mossoró. O pedido do profissional foi aceito pelo Executivo e deverá ser publicado na próxima edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM). O profissional alegou razões pessoais para deixar o cargo. "Estava havendo algumas incompatibilidades entre a direção e questões pessoais. Por isso, decidi entregar o cargo", justifica Sodré Rocha. Ele complementa que continuará atuando na Vigilância à Saúde, mas não à frente do órgão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário